sexta-feira, 22 de novembro de 2013

CRIATURAS 06 - Mapinguari

Como vão alcateia!? Pra quem assim como eu ama conhecer um pouco mais sobre outras criaturas, vai gostar do CRIATURAS de hoje! E desta vez temos uma criatura brasileira que a muito tempo assusta toda a Amazônia, este é o Mapinguari! 


Mapinguari seria uma criatura coberta de um longo pêlo vermelho vivendo na Floresta Amazônica. Segundo povos nativos, quando ele percebe a presença humana, fica de pé e alcança facilmente dois metros de altura. Seus pés seriam virados ao contrário, suas mãos possuiriam longas garras e a criatura evitaria a água, tendo uma pele semelhante a de um jacaré. O Mapinguari também possuiria um cheiro horrível, semelhante ao de um gambá. Esse mau cheiro faz com que sua presa fique tonta, o que permite ao bicho apanhá-la com facilidade. 

[marca de garras de mapinguari.]
A boca do Mapinguari se abre na vertical, e vai do peito até a barriga. Caçadores do lago do Badajós no estado do Amazonas, afirmaram ter atirado em uma fêmea (porque viram algo como seios, mas que estavam cobertos de pelos) que havia atacado um dos caçadores, porém, mesmo ferida, atraiu a atenção do macho, através de urros altos. Logo apareceu o macho de aproximadamente uns 2,5 m de altura, muito forte e peludo veio em defesa da fêmea e tentou atacar o grupo de caçadores que fugiram em uma canoa. Este ser não entrou na água para persegui-los e foi embora com a sua fêmea ferida. esta história aconteceu em 1967 em Tefé. E quem contou esta história foi o senhor José lima que hoje mora em Manaus, uma testemunha que viu um mapinguari de perto e disse que ele se assemelha em tudo com o pé-grande americano, porém mais peludo.

Seria um inimigo dos humanos e segundo os índios nenhuma pessoa que cruzasse o seu caminho poderia sobreviver para contar a história. Mas qual seria o fundo científico dessa lenda?

Devido a essa lenda se situar em uma área selvagem e habitada principalmente por indígenas, as evidências físicas são quase nulas, apesar de algumas pegadas estranhas terem sido encontradas na floresta. No entanto em 2006 a descoberta de uma pequena criatura extremamente parecida com um filhote de Mapinguari em Manaus, deixou os locais assustados. Segundo eles, haviam seis dessas criaturas e elas andavam sobre as duas patas traseiras. Todas elas foram mortas. No entanto um veterinário analisou a criatura e deu veredicto de que seria um gato deformado. Será? Seis gatos com a mesma deformação e andando sobre duas patas? Realmente é estranho.

Teorias

David Oren, biólogo americano é gerente científico da Nature Conservancy do Brasil, já vem realizando pesquisas a respeito da veracidade dessa lenda há muito tempo. Oren, que ouviu relatos de mais de 100 pessoas que dizem ter visto a criatura além de outras sete que afirmam tê-la matado, acredita que a lenda do Mapinguari tem sim uma base real: a Preguiça gigante. Segundo ele e também muitos outros criptozoólogos, o Mapinguari seria na realidade uma Preguiça Gigante que havia supostamente sido extinta a 10.000 anos atrás. Essas criaturas viveram na América do Sul e se assemelham muito as descrições do monstro amazônico. Dentre os genêros que mais se assemelham ao Mapinguari, o Milodonte e o Megatério são os mais prováveis responsáveis pelos avistamentos pelo seu tamanho. O gênero Milodonte ou Mylodon, possuia uma característica muito interessante: Possuia uma espécie de armadura em sua pele, a Osteoderme. Essa característica se encaixa como uma luva nos relatos de que o Mapinguari teria uma pele semelhante a de um crocodilo que o protegeria dos tiros. Indígenas que teriam visto a criatura se mostravam impressionados quando apresentados a fotos de recriações de Preguiças Gigantes, alegando que aquele seria o monstro avistado por eles.

E pra quem assistia muito catalendas que passava na tv cultura segue o episódio com a lenda do mapinguari, muito bom não deixe de assistir! Ele apresenta a lenda com toques de magia, sobrenatural e terror! 


É isso pessoal! o que achou dessa criatura? ela existe mesmo? deixe sua opinião nos comentários! e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...